Celebração da Benção dos Santos Óleos

Frente à imposição da quarentena para prevenção do Coronavirus, a Celebração da manhã desta Quinta-feira Santa presidida por Dom Paulo Beloto, bispo diocesano, não pode contar com a presença da totalidade dos sacerdotes e dos fiéis da diocese. Mas todos estiveram ali representados através dos Vigários Forâneos, do Pároco da Catedral, do Vigário Geral, Padres responsáveis pelo SEDAL, Diácono, seminaristas, acólitos e salmistas ali presentes. De suas casas, o povo de Deus pode também participar através da transmissão pelas redes sociais.
Na homilia, Dom Paulo apontou e discorreu sobre o sentido desta celebração: “hoje acolhemos com eterna gratidão a Jesus Cristo que nesse contexto da Ceia deixou-nos o centro da nossa espiritualidade - a eucaristia e o sacerdócio”. (Acesse aqui a mensagem de Dom Paulo para hoje)
Enfatizou que em tempos de quarentena se faz a experiência da ausência e presença, mas que para quem tem fé, Deus está sempre presente.
Ao finalizar a homilia ele informou que faz parte do rito neste dia a Renovação das Promessas Sacerdotais, mas que elas serão realizadas na Festa da Família Diocesana, em agosto deste ano.
Após as preces, dando seguimento à celebração, Dom Paulo realizou a Benção dos santos óleos dos enfermos, dos catecúmenos e do crisma.
Pe Rogerio Ruffo, em nome de todos, deixou uma mensagem de felicitações a Dom Paulo pelo seu 63°aniversário celebrado hoje, agradecendo ao Senhor por sua vida, colocando aos cuidados da Mãe Imaculada o nosso bispo diocesano.
Agradecendo a todos pelas felicitações, presença e organização, Dom Paulo ressaltou a importância da participação dos fieis nas celebrações do Tríduo Pascal nestes próximos dias. Elas serão realizadas pelas paroquias através das redes sociais. Participe de casa, reze conosco, esteja em comunhão, exortou ele.